WhatsApp Pay começa a funcionar e permite pagamentos via WhatsApp!

O WhatsApp teve o seu próprio sistema de pagamentos sem tarifas – o WhatsApp Pay, aprovado pelo Banco Central do Brasil em março desse ano. Com essa nova opção, o mensageiro vai funcionar como um iniciador de pagamento sem ter acesso às contas do usuários e às quantias transferidas, servindo de ponte entre as instituições financeiras e as pessoas que utilizam o serviço, tudo isso sem cobrar qualquer taxa.

WhatsApp Pay já começou a funcionar!

Nessa primeira etapa o WhatsApp Pay já está sendo liberado para uso, mas nem todos os usuários do aplicativo terão acesso a esse novo sistema de pagamentos ao mesmo tempo. Primeiramente, apenas uma parcela das contas ganhará a atualização.

Uma vantagem é que, quem já conseguir usar o serviço nessa primeira etapa de liberação pode convidar amigos e familiares para ativarem o WhatsApp Pay em seus aplicativos. Basta fazer uma transferência de qualquer valor para outra conta que ainda não seja cadastrada e então o serviço será ativado automaticamente.

Não há dados divulgados que informem exatamente quantas contas o WhatsApp Pay vai alcançar nessa primeira fase. Com o tempo, o novo sistema de pagamentos será liberado para todos, pouco a pouco.

Como usar?

É possível ver o ícone do WhatsApp Pay nas opções que aparecem ao clicar no ícone do clipe, onde também ficam as opções de compartilhar fotos, documentos, contatos e outros.

Utilizando um número de telefone do Brasil, o usuário deve, primeiro, cadastrar os dados do cartão, depois selecionar o contato para quem vai enviar o dinheiro e clicar para adicionar a transação. O aviso do pagamento será visto na própria janela da conversa.

As transações só serão permitidas dentro do país, em reais (moeda local) e entre pessoas físicas, sem qualquer taxa de cobrança por transferência realizada.

Quais cartões são aceitos?

Só será possível realizar uma transação a partir de um número de cartão de débito, cartão pré-pago ou combo participantes com as bandeiras Visa ou Mastercard dos bancos parceiros, citados logo abaixo nesse post. Cartões de crédito não estão autorizados a funcionar no WhatsApp Pay.

O WhatsApp Pay é seguro?

O WhatsApp garante que o sistema de pagamentos foi criado priorizando os recursos de segurança necessários. Como são as instituições financeiras que vão realizar essas transações entre usuários, esse fator garante a segurança dos usuários contra golpes e fraudes que já acontecem constantemente no WhatsApp, principalmente a clonagem da conta.

Os pagamentos serão registrados?

Todo pagamento pelo WhatsApp será registrado e identificado no extrato bancário como “FBPAY WA”, segundo a empresa. Também haverá limites quanto aos valores que poderão ser transferidos por transação, por dia e por mês.

Quais bancos aceitarão o serviço?

Inicialmente, apenas os cartões com bandeiras da MasterCard ou Visa emitidos pelo Banco do Brasil, Nubank e Sicred serão compatíveis com o WhatsApp Pay nas opções de crédito ou débito, com todos os pagamentos processados pela Cielo.

Qual será o limite de transferência?

O próprio WhatsApp estabeleceu um limite de transferência de até R$ 1.000,00 por transação, sendo possível receber até 20 transições por dia, mas com o limite de R$ 5.000,00 por mês.

No entanto, os bancos parceiros poderão estabelecer um valor diferente de limite por transação feita.

É possível fazer pagamentos para empresas?

Por enquanto, o WhatsApp Pay não conta com essa autorização de pagamento para empresas, ou seja, as transações só podem ser realizadas entre pessoas físicas, respeitando-se os limites de valores definidos pelo próprio WhatsApp e também pelos bancos parceiros.

E se houver algum golpe?

Caso um usuário sofra alguma fraude durante uma transação, a instituição financeira será a responsável por dar assistência quanto a qualquer problema ocorrido.

Quanto a golpes dentro do WhatsApp, a mesma garante que também responderá a solicitações legais válidas para aplicação da lei em situações em que há investigação para esses crimes.

A atenção deverá ser redobrada

Com a utilização do WhatsApp Pay, a atenção dos usuários deverá redobrar quanto a esses golpes. Siga as dicas importantes: ativar a autenticação de dois fatores nas configurações do WhatsApp, nunca fornecer nenhum código de verificação ou senhas recebidas a qualquer contato ou empresa, além de se certificar sempre de estar falando realmente com a pessoa certa em vez de golpistas.



Atualizado em: 05/05/2021 na categoria: Noticias